29 de abr de 2012

Oficina: um novo olhar sobre a fotografia.

Oi gente!! Passando para registrar um pouquinho do que foi a Oficina de Fotografia que Eu e Tágide fizemos, esse mês, na Fundação Acesita (Timóteo/MG). 

Quem adora fotografia e acha que as câmeras digitais podem sim fazer boas fotos, levanta a mão aí!!! Os fotógrafos Edmar Silva e Gustavo Jácome ministraram a oficina, e literalmente, desconstruíram de nossas mentes a ideia de que para uma foto perfeita temos que dispor de equipamentos mega profissionais e objetos perfeitos.

Vimos que tudo está no "Olhar" de quem fotografa... a luz, o momento, a inspiração, e o inusitado. Por que não quebrar paradigmas de fotos posadas e tão certinhas??? Ou só fotos de rosto e todo mundo alinhado na mesma posição???
Fizemos o treino do olhar, conhecemos máquinas de Lomographia, brincamos com mudança de posições/ângulos, saímos à rua para fotografar o cotidiano, as paisagens, pessoas... e o resultado?? Fotos tão incríveis que mal acreditamos ter tirado.

By Tágide (Quem me conhece sabe... amo sapatos... e adoro fotografar os pés!)

By Tágide


By Tágide (achei scrappeana essa janela... bem "Vintage")

By Taty (nem tudo perfeito... uma crítica para profissionalizar... evitar o corte das janelas...)
 
By Taty

By Taty (foto que tirei assentada no chão)
 
Aprendemos de forma prática, um pouco sobre ISO, Fotômetro, Cortes, "Limpeza de ambiente para a foto",  Posicionamento de Mão, Focagem, Limitação do Zoom da compacta, Tamanho (resolução) de Foto, Ângulo, Arte com as tonalidades, Efeitos e dicas para uso do Instagram e Photoshop, além de outros assuntos.

Vimos também que é preciso se pensar e ver o que fotografar, para evitarmos pequenos deslizes que nem sempre podem ser corrigidos ou se ter o momento da foto refeito...

Algumas dicas:
- explore mais de sua câmera, leia o manual e saiba o que ela pode oferecer em opções;
- brinque com posições, ângulos, tons; reinvente sua fotografia e o momento registrado; 
- evite ambientes com pouca luz ou penûmbra;
- saiba que o flash nem sempre é necessário;
- evite fotos com efeito 'lavado' (cores sem brilho);
- mude o conceito das fotos com 'dedinhos', fotos posadas e objetos chapados;
- atente-se para a propaganda em fotos (pensar em retirar rótulos e garrafas, brasões e logotipos), se a inteção não for fotografá-los;
- verifique sempre a resolução da foto (garantia para boa impressão); 
- fique de olho na posição das mãos e da câmera: evite foto tremida, com granulação ou elementos desfocados;
- E uma ótima dica, principalmente para projetos de trabalho em Scrapbooking: tire sequência de fotos em vários ângulos e posições, para se ter uma boa quantidade para a seleção pretendida.

Então, é isso. Aproveitamos para convidar a todos para visitarem a exposição das fotos da Oficina no dia 16 de maio, a partir das 19h, na Fundação Acesita em Timóteo! 

Bjokas, Taty Paganoto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por sua visita! Bjokas